Ser Lesado

Curiosidade e Informação sobre Lesão Medular

Triatleta que ficou paraplégico durante treino se prepara para retornar ao Ironman

Posted by on nov 12, 2017

Faltam poucos dias para uma das provas mais difíceis do mundo esportivo. O Ironman retorna a Fortaleza no próximo dia 26 de novembro. Concluir a prova não é tarefa fácil. Tal feito é motivo de orgulho para quem se arrisca a desafiar os limites. Serão 90,1 km de bicicleta, 21,1 km de corrida de rua, mais 1,9 km de natação.

Para Emerson Damasceno, a prova terá um sabor especial. Será o seu retorno ao Ironman após um acidente que lhe impossibilitou de andar desde 2014.

“É muito importante para mim. Eu estava treinando para essa prova quando fui atropelado, é como se eu fosse encerrar um ciclo”, conta.

Os últimos meses foram de pura dedicação. Emerson perdeu 15 kg em 80 dias de treinos intensos. Para ele, o choque de realidade lhe trouxe uma outra visão sobre a vida. “A pessoa aprende todo dia a driblar problemas, a praticar a superação. O triatlon ajudou muito na minha vida, ele me segurou em muitos momentos”.

O acidente não foi o único obstáculo superado por Emerson. Em 2008, o atleta recebeu um duro golpe. “No ano de 2007, eu fiz o meu primeiro Ironman. Um ano depois meu filho teve câncer. O esporte me ensinou a não desistir nunca, é uma filosofia de vida. Eu tô encarando essa prova com uma serenidade muito grande”, revelou.

Emerson contará com uma equipe para concluir a prova. Francisco Elione  e Fáh Fonseca também são paratletas, cada um ficará com um trecho do percurso.

“Essa categoria já existia, a novidade é o revezamento. Criamos o nosso trio, somos os guerreiros do agreste. Temos o nosso diferencial, cada um vai competir na sua modalidade preferida”, relata Emerson, que será responsável pela natação.

Deixe uma resposta