Ser Lesado

Curiosidade e Informação sobre Lesão Medular

Paciente paralisado do ombro para baixo volta a sentir sensações em estudo

Posted by on abr 17, 2018

Uma paciente não identificado, que tem lesão medular de alto nível e não consegue mover os membros, além de não senti-los, teve sensações naturais nos membros superiores pela primeira vez após cientistas estimularem uma certa região cerebral com a ajuda de um pequeno conjunto de eletrodos.

A ideia é um dia permitir que pessoas paralisadas, ou que usam próteses nos membros, sintam o feedback físico com a ajuda de sensores colocados nesses dispositivos. Um artigo descrevendo o trabalho foi publicado na revista eLife.

O córtex somatossensorial é uma faixa do cérebro que rege as sensações corporais, tanto proprioceptivas (sensações de movimento ou a posição do corpo no espaço) quanto as sensações cutâneas (pressão, vibração, tato e afins) Antes deste novo trabalho, os implantes neurais produziam predominantemente sensações como formigamento na mão.

O novo implante, no entanto, tem a capacidade de produzir algo muito mais natural por meio de estimulação intracortical, semelhante àquelas sensações experimentadas pelo paciente antes de sua lesão. Dois conjuntos de minúsculos eletrodos foram cirurgicamente inseridos no córtex somatossensorial do paciente. Usando as matrizes, os pesquisadores estimularam neurônios na região com pulsos muito pequenos de eletricidade.

A pessoa relatou sentir sensações naturais diferentes como apertar, bater, sensação de movimento ascendente e várias outras que variam em tipo, intensidade e localização, dependendo da frequência, amplitude e localização do estímulo.

Esta é a primeira vez que tais sensações naturais são induzidas pela estimulação neural intracortical. Embora diferentes tipos de estimulação tenham induzido sensações variadas, os códigos neurais que regem as sensações físicas específicas ainda não estão claros.

No futuro, os pesquisadores esperam determinar a maneira precisa de colocar os eletrodos e estimular áreas cerebrais somatossensoriais, na tentativa de induzir sentimentos específicos  e suas sensações correspondentes.

Fonte: Viva bem

Deixe uma resposta

468 ad