Ser Lesado

Curiosidade e Informação sobre Lesão Medular

Lagartixas podem indicar caminho para tratamento de lesões na medula

Posted by on dez 22, 2017

A capacidade das lagartixas de gerar novos rabos pode apontar uma forma diferente de tratar lesões na medula espinhal no futuro, segundo pesquisadores do Canadá.
Matthew Vickaryous, professor do departamento de ciências biomédicas da University of Guelph, e o pós-graduando Emily Gilbert analisaram a regeneração da lagartixa-leopardo (Eublepharis macularius) e identificaram as células que viabilizam o processo. O estudo foi publicado recentemente na revista “The Journal of Comparative Neurology” e mostra como se dá a reconstrução da cauda, que nesses animais abriga parte da medula espinhal.

As lagartixas soltam a cauda frente a algum perigo e começam a gerar novos tecidos uma semana depois de perderem.

Em um mês exibem uma nova cauda “Trabalhos anteriores revelaram que células da glia radial estavam presentes no peixe-zebra e em salamandras e que elas eram fundamentais para a regeneração da medula espinhal. Nosso trabalho demonstrou que populações similares dessas células também são encontradas em lagartixas, o que indica uma forte relação explica o professor.

Veja matéria completa em  https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2017/12/22/lagartixas-podem-indicar-caminho-para-tratamento-de-lesoes-na-medula.htm

Deixe uma resposta