Ser Lesado

Curiosidade e Informação sobre Lesão Medular

Giuliano Castro corre risco de ficar paraplégico

Posted by on jan 5, 2017

Giuliano Castro, de 19 anos, vítima do grave acidente que envolveu Vinícius Bonemer, filho de Willian Bonner e Fátima Bernardes, sofreu sérias lesões na coluna e na medula óssea e corre risco de ficar paraplégico.

O jovem está internado na UTI do Hospital Samaritano, na Barra da Tijuca, Zona Sul do Rio, um dos mais modernos hospi­tais do país, onde passou por uma cirurgia no mesmo dia da remoção.

De acordo com um dos médicos envolvidos na cirurgia, o quadro de saúde de Giuliano é de alta com­plexidade e pode deixar sequelas irreversíveis. Segundo o cirurgião, se a lesão fosse fosse um pouco mais acima, teria custado a vida do jovem.

Peritos envolvidos na investigação do acidente afirmaram que Giuliano dormia, sem cinto de segurança, no banco de trás do automóvel na hora do aciden­te. O fato do corpo estar relaxado pode ter agravado ainda mais as le­sões.

Giuliano, Vinícius Bonemer e mais uma pessoa estavam no carro que voltava de Búzios quando sofreram o acidente. Eles se­guiam para o Rio de Janeiro com mais um grupo de amigos, que estava numa Land Rover branca à frente. Segundo um policial, o motorista da Land Rover ultrapassou o caminhão e Vinícius teria tentado seguir a ultrapassagem, mas não deu tempo e o carro foi atingido na lateral pelo caminhão da empresa Marbela.

Vinícius Bonemer passou por teste de alcoolemia depois do acidente, e a Polícia Civil informou que aguarda o resultado do teste. Segundo os médicos, Vinícius não apresentava sinais de embriaguez.

A investigação aponta que Vinícius Bonemer esta­va com a carteira de motorista vencida, mas dentro do prazo de 30 dias que permite a renovação sem incidência de multa. Os condutores dos de­mais veículos foram ouvidos, e confirmaram que Vinicius não apresentava sinais de que havia consumido bebida alcoólica.

A Polícia Civil vai ouvir outras pessoas para apurar a responsabilidade no acidente, bem como a comunicação tardia do fato feita à delegacia.

*Com base em matéria da Folha dos Lagos

Deixe uma resposta

468 ad