Ser Lesado

Curiosidade e Informação sobre Lesão Medular

Ex-BBB põe fim à carreira de paratleta para se dedicar a projetos na TV

Posted by on fev 17, 2017

O paulista Fernando Fernandes, 35, não é mais atleta da paracanoagem. Pelo menos, no alto rendimento. A temporada de 2016 foi sua última no mais alto nível do circuito internacional,, e agora ele se dedica a projetos para a TV.

Ele já informou à CBCa (Confederação Brasileira de Canoagem) e CPB (Comitê Paraolímpico Brasileiro) sobre sua decisão. Agora, ele trabalha com programas especiais para o canal a cabo OFF, especializado em esporte radicais e em contato com a natureza, além de quadros para o Esporte Espetacular, programa esportivo dominical da Globo. As informações foram passadas ao blog pelo agente de Fernandes. Atualmente, eles se encontram na Noruega gravando programas para seus novos projetos.

Fernandes ganhou notoriedade em 2002, quando participou da segunda edição do Big Brother Brasil, reality show da TV Globo, no qual foi o terceiro eliminado. Sete anos mais tarde, ele sofreu um acidente automobilístico que o deixou paraplégico. Durante a reabilitação, no Hospital Sarah Kubitschek, em Brasília, conheceu a canoagem. Ele dedicou-se à modalidade desde então.

Sagrou-se tetracampeão mundial. Mas há quase três anos vinha reclamando dos critérios de classificação dos atletas, que fazia com que competisse com atletas sem lesão medular, e isso o colocava em desvantagem. Este foi um dos fatores alegados por ele para não participar dos Jogos Paraolímpicos do Rio-2016. Após terminar em 5º no Mundial de Duisburg, na Alemanha, em maio do ano passado, ele perdeu a vaga para o piauiense Luis Carlos Cardoso.

“Dois anos atrás, comecei a me deparar com uma realidade estranha na classificação funcional, que é colocar o devido atleta na devida categoria de acordo com sua lesão e com o que ele tem de funcional. De 2014 pra cá o esporte começou a perder a mão disso, as pessoas aprenderam a burlar esse sistema e essa regra pra se beneficiar”, queixou-se o ex-BBB. Sua ”luta” contra os problemas na classificação foi retratada no documentário ”Paratodos”, do cineasta Marcelo Mesquita, no ano passado.

Apesar de largar o esporte de alto rendimento, o ex-BBB não deixou de lado a prática esportiva. Suas  páginas pessoais nas redes estão repletas de fotos e vídeos de Fernandes exercitando-se nos mais diversos lugares, inclusive promovendo a inclusão das pessoas com deficiência no esporte.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

468 ad