Ser Lesado

Curiosidade e Informação sobre Lesão Medular

Atleta cadeirante dá exemplo de superação por meio do esporte

Posted by on jan 17, 2019

Na vida, diversos exemplos mostram como é possível seguir em frente e nunca desistir, apesar das adversidades. A história do atleta Pedro Henrique, de 26 anos e morador de São Gonçalo do Pará retrata um enredo de superação.

Pedro sofreu um acidente automobilístico há seis anos, uma lesão medular e passou por uma cirurgia de reconstrução da coluna e diversas reabilitações. Entretanto, recebeu a notícia de que não poderia mais andar novamente. Para recomeçar, as sessões de fisioterapia foram essenciais para lidar com o dia a dia de uma nova maneira.

Três anos após o ocorrido, Pedro Henrique recebeu a recomendação dos médicos para que o mesmo praticasse esportes e foi assim que a vida dele começou a mudar.

“Então eu conheci o basquete em cadeira de rodas, natação, pratiquei academia, pingue pongue e na hora que eu estava no hospital, com tudo negativo em minha cabeça, o esporte me deu muitas respostas que eu precisava naquele momento. Portanto, eu agarrei a oportunidade, me senti bem e disse “é com isso que quero viver para o resto da minha vida”, explicou Pedro ao PORTAL CENTRO-OESTE.

Hoje, ele participa de várias competições (Foto: Arquivo Pessoal)

Mesmo após o fim da equipe de basquete de cadeiras de rodas em Divinópolis e com a falta de opções, o atleta não deixou de lado o esporte. Ele decidiu criar novas oportunidades para praticá-lo. Nisso, o jovem conheceu outras modalidades.

“Comecei o crossfit sem saber o que era e foi algo que gostei muito. Participei de competições, também comecei a praticar tênis de cadeira de rodas. Na época não tinha ninguém em Divinópolis que praticava esse esporte. Foi então que procurei um professor e ele me passou as técnicas e fui buscando. Se tivermos força de vontade e foco, a gente faz dar certo”, disse.

Palestras

Há três anos, Pedro Henrique ministra palestras em escolas e empresas, contando sobre a história de inspiração que possui. Tudo isso começou após um trabalho de faculdade de estudantes de jornalismo, que também relataram sobre ele. Desde então, a jornada do atleta se tornou inspiração para quem o acompanha.

“Isso me deu ainda mais motivação para poder continuar. Algumas pessoas que assistiram as palestras começaram a me seguir nas redes sociais e me mandam mensagens do tipo “você me ajudou demais”, “comecei a praticar esportes por sua causa” (…) Eu me sinto muito bem de fazer esse bem às pessoas e acredito que estamos aqui para ajudar uns aos outros. Se está dando certo, temos que continuar”, finalizou Pedro Henrique.

Perfil de Pedro Henrique no Instagram: @pedroleben

Fonte: PORTAL CENTRO-OESTE.

Deixe uma resposta

468 ad