Ser Lesado

Curiosidade e Informação sobre Lesão Medular

A sexualidade em mulheres com lesão medular adquirida

Posted by on jan 10, 2017

Magali Grave

Resumo

Introdução: A lesão da medula espinhal é um dos acontecimentos mais devastadores e incapacitantes que podem atingir o ser humano jovem e ativo, levando a limitações de ordem motora e/ou sensitiva, incluindo as de ordem sexual.

Objetivos: No intuito de compreender as singularidades e o processo de mudança na vida de mulheres após a lesão medular, o presente estudo verificou as repercussões das alterações físicas nas vivências da sexualidade identificadas no relato de algumas destas mulheres.

Metodologia: Pesquisa de campo, com fins exploratório e descritivo, de caráter qualitativo. A amostra foi composta por 6 mulheres com lesão medular adquirida, com idades entre 20 e 46 anos, cadastradas na Clínica Escola de Fisioterapia do Centro Universitário Univates, que receberam atendimento fisioterapêutico na instituição. Visando responder o problema de pesquisa, o presente estudo utilizou como instrumento de coleta dos dados qualitativos, entrevista semiestruturada, com questões abertas que foram gravadas, transcritas e analisadas através método da Análise de Conteúdo.

Resultados: Os resultados apontam que as modificações físicas geradas por consequência da lesão, não são vistas como barreiras para se ter um corpo pelo qual a sexualidade é expressada.

Conclusão: As mulheres pesquisadas mostram, cada qual com suas singularidades, que ter deficiência física, não as impede de terem prazer nas relações sexuais e que, quando a mente está sã, o corpo também ficará.

Texto completo:

PDF

Deixe uma resposta

468 ad